RSS Feed

Monthly Archives: Agosto 2012

Sistema de Transporte Público

Posted on

Entenda o Sistema de Transporte Público de Munique.


Munique tem diversas opções e como citei anteriormente, tudo seguindo pontualmente o horário.Nas plataformas do Metro, pontos de onibus,..todo lugar tem um painel digital indicando o horario do proximo embarque. Varias vezes eu ficava olhando pro relogio e pra rua “esse onibus não vai chegar, hoje ele vai se atrasar,..”. Pronto, não é queele chegava pontualmente. Por lado, essa pontualidade tem um preço, eles são incapazes de te esperar, mesmo que você esteja correndo e a menos de 5 metros do ponto de onibus. Eles fecham a porta e “tchau”, “pegue o próximo”.O S-Bahn (Suburban Train) é o metro vermelho e faz toda a ligação das regiões mais afastadas com o Centro. O S-Bahn, nada mais é que um “Metro de superficie”, tendo em vista que ele trafega 90% do tempo fora dos tuneis.

O U-Bahn (Urban Train) é o tradicional metro subterraneo, na cor azul e faz toda a ligação do Centro da cidade.O contraste entre as composições é curioso, pois algumas linhas operam com vagões da decada de 70, enquanto outras com vagões atuais e ultramodernos. Não se preocupe, ambos são confortaveis e num estado impecavel.

O StrasseBahn, ou Tram, VLT, Bonde Moderno,…isso mesmo, aquelas composições que dividem o asfalto com carros e onibus. São uma otima opção de conhecer a cidade sem ter que ficar gastando sapato pela rua. Tendo em vista que fazem seus trajetos pelo centro e vão parando em cada quarteirão.

Os onibus serão usados em regiões mais afastadas e pouco abastecidas de S-Bahn ou U-Bahn. Dificilmente, pra falar a verdade, nunca vi turistas nos onibus. Ate porque, todos Hoteis e Hostels ficam na região central. Porem se precisar, estarão lá, inclusive com linhas funcionando por toda a madrugada.

Como comentei anteriormente, o “Cartão do Dia” vale para TODOS os transportes públicos.

Porem se você estiver usando apenas um onibus ou um “bonde moderno”, você irá comprar seu ticket e validar no proprio transporte. O sistema funciona apenas com moeda e emitindo uma cartela com vários seguimentos. Na hora de validar (carimbar), você marca um segmento por ter embarcado + quantas zonas você irá percorrer. Dentro do “bonde” ou do onibus, tem um diagrama com as zonas (aneis).Ex. Você vai da Zona 4 ate a Zona 1. Nesse caso, vc conta 1 segmento por ter embarcado + as 4 zonas. Total de 5 segmentos.

Você não precisa, nem vai ficar dobrando a cartela e carimbando segmento por segmento. Voce simplesmente pula 4 e carimba o quinto segmento. 🙂

“Ah, vou andar de onibus apenas de um ponto ao outro. Não vou pagar” ou “vou entrar nessa estação de Metro e sair na proxima, pra que pagar?!” Pois bem, já fiz isso e fui pego justamente nesse momento. Era novato e tentei o famoso “Desculpa, sou turista. Não falo alemão, não entendo..”

Fiquei 40 euros mais pobre, fora a vergonha. Os fiscais estão uniformizados e na paisana, você nunca sabe quem e quando irão puxar a identificação do bolso, seguido do “seu Ticket, por favor”

Chegando no Aeroporto

Posted on

Se está chegando com hotel, casa de amigos ou parentes..otimo! O importante nesse caso, é pegar alguma referencia de localização. Se informe sobre a estação de Metro mais próxima.
Acredite, Munique tem metro para todos os cantos.
Posso ir para Munique sem ter onde ficar ? Sim. Porém é aconselhado evitar “dor de cabeça” com o Zoll (Imigração Alemã).

Por falar em “Imigração Alemã”, segue abaixo uma lista de documentos obrigatórios:
– Passaporte
É necessário um passaporte válido. (Obvio ! No minimo com 6 meses de validade)
– Visto
Brasileiros não precisam de visto para UE (União Européia), porém esse periodo deverá ser inferior a 90 dias.
– Seguro de Viagem / Plano de Saúde
Seguro saúde que cobre todo o espaço Schengen (ou seja, toda Europa).
Você consegue comprar esses Seguros em Agencias de Viagem.
Não se esqueça que pouco importa se você tem ou não Plano de Saúde no Brasil.
– Reserva de Hotel / Hospedagem
Hotel reservado, traga todos os comprovantes da reserva impressos.
Caso venha para a casa de um amigo, você precisará de uma Carta Convite detalhando tudo sobre onde você irá ficar.

Dica: tire uma cópia de todos os documentos que você está trazendo (Passaporte, Cart.de Motorista,..), inclusive cartões de credito. Acredite, se por acaso você perder algum, isso poderá salvar sua pele.

Passados os trâmites legais do Aeroporto, a primeira coisa a fazer é ir para o Metro.
Taxi ? Ok, se está disposto a gastar 50 euros numa corrida até o Centro, siga em frente.
Do contrário, procure a sinalização do Metro que é um “S” verde. “S” de “S-Bahn” ou “Suburban Train”

Já na plataforma de embarque do Metro, você vai ver algumas vitrines com o mapa completo com todas as estações. Feito isso, é só procurar o seu destino (lembra que comentei sobre pedir alguma referencia ao Hotel?!). Lembrando que a Estação Central em alemão é “Hauptbahnhof” e estará no centro do mapa. Lembrando que Aeroporto Franz-Josef Strauss Flughafen fica quase 30km da cidade, ligado pelos S-Bahn S1 e S8 que saem a cada 20 minutos em direção a estação central (Hauptbahnhof).

O Sistema de Transporte alemão é considerado um dos melhores do mundo. Eficiência, pontualidade, conforto,..tudo o que você sempre sonhou, você terá aqui.
Munique em particular, tem uma das malhas ferroviarias mais fáceis de usar de toda a Europa.

Há uma série de opções de bilhetes. Você pode comprar bilhetes simples (uma viagem) , bilhetes diários, bilhetes de 3 dias, bilhetes semanais, bilhetes mensais, bilhetes para familia (3 adultos e 2 crianças),.. Se você pretende viajar bastante extensa durante o dia, a melhor opção é comprar um ‘cartão de dias “. Isto custa cerca de 6 euros, você pode pagar com Cartão de Credito e é válido das 6 da manhã até as 6 da manhã do dia seguinte. Atualmente, o sistema de “validação” dos bilhetes foi trocada. Antigamente você comprava o bilhete no terminal eletronico (não se preocupe, tem diversos idiomas) e depois tinha que colocar numas caixinhas azuis para validar(carimbar) o ticket. Agora o bilhete já sai com a data da compra, portanto é comprar e embarcar.

A outra vantagem de você comprar o bilhete do dia, é evitar de ficar contando no mapa as “zonas” que você irá percorrer. Obviamente que o sujeito que viaja apenas no centro paga menos do que o outro que utiliza o metro de ponta a ponta. Além disso, o bilhete diário (Tagekarte) é aceito para todos os transportes públicos.