RSS Feed

Salzburg

Posted on
Se você é um daqueles turistas que tem a agenda de viagem um pouco mais folgada, podendo ficar em Munique mais de 3 dias, essa dica é pra você. Não deixe de conhecer Salzburgo (em alemão: Salzburg).
Salzburgo é Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1996. Com esse título, você já pode imaginar o que irá encontrar. São dezenas de construções históricas a poucos passos de distância uma das outras. Além disso, é a cidade natal deMozart. Sendo assim, em algumas épocas dos ano, o número de turistas ultrapassa o de residentes.
Com um cenário tão bucólico como esse dá para entender de onde vinha a fonte de inspiração de Mozart. Os Alpes como pano de fundo, muitas torres de igreja, cúpulas imponentes, um belo forte medieval e uma cidade de arquitetura impecável às margens do rio Salzach.

A dica é fazer uma visita no esquema “bate e volta”. Ou seja, saindo bem cedo de Munique e voltando no início da noite. Até porque, um dia é mais do que suficiente para se visitar tudo.

Salzburgo fica na Austria, quase na fronteira com a Alemanha. Sugiro ir de trem, partindo da Estação Central de Munique (Hauptbahnhof) e com o “Bayern Ticket”. Lembrando que esse Ticket, você poderá ir e voltar por 22 €, caso tenha acompanhantes, + 4 € por pessoa. Lembrando que o máximo permitido por Ticket-Familia serão de 5 adultos. Essa viagem dura por volta de 1 hora e meia e com uma paisagem muito interessante no percurso de 150km.

SALZBURG CARD
Ao chegar na estação ferroviária tem um guichê de informações turísticas. Lá você recebe um mapa da cidade com a explicação dos principais pontos turísticos e ainda opção de comprar um cartão que dá direito a visita dos principais pontos de interesse da cidade por 24 horas por 22 euros. Além de ser prático é eficiente, pois irá te poupar o tempo de fila em cada atração e inclui um “passe livre” de ônibus pela cidade. Molezinha, heim?!A cidade é relativamente pequena (apesar de ser a quarta maior do país). No entanto, é preciso caminhar muito para conhecer seus recantos e alguns lugares interessantes ficam no alto do morro, ou seja, subidas e descidas fazem parte do trajeto.

 Os locais mais importantes a se conhecer são:1. Mozartplatz e Residenzplatz. A praça de Mozartplatz tem uma escultura do famoso músico no seu centro e nas suas ruas se distribuem preciosas lojas. A Residenzplatz (De Quarta a Sábado das 10:30 às 17:00) é o centro da cidade, nela se encontra o Neubau, sede do governo; Glockenspiel, uma igreja cujos sinos interpretam obras clássicas e a Residência dos bispos, atual sede da galeria de arte da cidade.

2. Catedral (Domplatz) destacam-se as esculturas da fachada no exterior e no interior.

3. Abadia de São Pedro (10:30 às 17:00 durante o Verão, das 10:30 às 15:30 durante o Inverno). Este convento pertence à ordem dos Beneditinos, o mais antigo existente no âmbito alemão. O interior da igreja de São Pedro é referencia do Rocócó. Wolfang Amadeus Mozart estreou aqui a sua Missa em Dó Menor e em sua honra na noite anterior ao aniversário da sua morte, se toca o Réquiem. O Cemitério de São Pedro está classificado como o mais bonito campo santo do mundo.4. Igreja dos Franciscanos. Este templo é conhecido por muitos como a Igreja da Universidade. O templo da rua Frankiskanergasse é um dos edifícios mais antigos da cidade. Saindo desta igreja encontra-se o Rupertinum, um museu de arte contemporânea.

5. Tocaninihof abriga a Sala de Festivais, tem três teatros, o mais pequeno construído em 1937 e conhecido como o Cenário de Mozart. O Cenário de Wagner está escavado nas paredes de Mönschberg e o teatro ao ar livre foi construido em 1600.

6. Hagenauer Haus (9 às 17.30, Julho e Agosto até às 18.30 horas. 5,50€) viveu a família de Leopold Mozart desde 1747 até 1773. Em 27 de Janeiro de 1756 nasceu aqui Wolfgang Amadeus Mozart. A antiga casa de Mozart é um museu desde 1880; aqui expõem-se objetos famosos como o violino que ele utilizava desde criança ou o que tocava em concertos, o seu clavicórdio, o piano de martelos, retratos e cartas da família Mozart. Mozart Haus também serve de sala de concertos durante todo o ano.

7. Fortaleza Hohensalzburg (9:00 às 18:00 de 15 de Março a 14 de Junho. 8:30 às 18:00 de 15 de Junho a 14 de Setembro. Das 9:00 às 17:00 de 15 de Setembro a 14 de Março. 3,50€). Para ir à fortaleza prepare-se para a caminhar ladeira acima. Porém essa mini-prova de “Iron Man” será recompensada com a vista de toda a cidade. O interior é todo decorado com objetos de arte medieval. No lado de fora da fortaleza não deixe de visitar o pátio com a Cisterna de Lang.

8. Convento de Nonnberg (9:00 às 18:00 de 15 de Março a 14 de Junho. 8:30 às 18:00 de 15 de Junho a 14 de Setembro. Das 9:00 às 17:00 de 15 de Setembro a 14 de Março. 2,80€) O convento benedito de Nonnmberg é o mais antigo convento de mulheres. Otima vista dos Alpes Tennen e Hagengebirge.

9. O Parque e o Palácio de Mirabell. O jardim em estilo barroco italiano é muito bonito durante a Primavera e o Verão, são cenários constantes nas capas de cadernos e protetores de tela de computador. :)

10. Palácio de Hellbrunn, construído por Solari como residência dos príncipes-arcebispos. Fontes “Wasserpiele” formam um bonito cenário nos jardins. O Pátio do Palácio de Hellbrunn parece ter sido feito para as luxuosas festas da época.Restaurantes:
Mercado de Mirabellplatz (manhãs de Quinta-feira), Universitätplatz e Kapitelplatz são uma boa ideia para comprar fruta e comer a bom preço. Indico os restaurantes: Wilder Mann, Stadtalm (Mönchsberg 19), Steinterrase (Hotel Stein, Schwarzstrabe), Vegy Vollwertimbiss (Vollwertkost St. 21) e Goldene Ente (Goldgasse 10).

Para tomar uma boa cerveja e boa música: Augustines Bräustübl (Augustinergasse), Bar do Hotel Alrstadt (Rudolfskai), Bar Flip (Gstättengasse), Cave Club (Leopoldskronstrasse), Andreas Hofer (Weinstube). Em Rudolfkai há uma boa quantidade bares animados, boates e pub’s com música ao vivo. Atravessando o rio também tem uma pequena área de bares ao lado da Steingasse.

Clima:
Salzburg está localizada perto dos Alpes, portanto o clima é sempre uma incógnita. Inverno é muito frio e no Verão dilúvios de 30 minutos no final do dia são frequentes. Tenha sempre um cachecol e luvas na bolsa e dependendo da época do ano, um guarda-chuva. Pra você ter uma idéia, já sai de Munique com Sol e céu azul e cheguei em Salzburg com nevasca de não enxergar o outro lado do rio.
Os “ovos pintados” e o ” Original Salzburger Mozartkugeln” (Chocolate de Mozart) são boas dicas de souvenirs.
About these ads

About Leo Cunha

Olá, me chamo Leo Cunha, sou arquiteto, nascido e criado no Rio de Janeiro e morando desde 2010 em Munique (Alemanha). Além de dicas, fotos e curiosidades, tentarei expor alguns relatos de viagens que fiz e ainda faço pela região do Sul da Alemanha (Bavaria), e pela Europa. Escrevendo de forma descontraída, em um iPad e muitas vezes no meio da rua, espero conseguir contar o que vivi, conheci e aprendi por aqui. A idéia é fazer artigos ilustrados com informações simples, fáceis e úteis a qualquer visitante. Lembrem-se, estarei relatando unicamente minha experiência e opinião. Portanto não espere um relato imparcial e completo. Se quiser ajudar, contando sua experiência, aventura, criticando, sugerindo,..seja bem-vindo

12 responses »

  1. mateusfigMateus

    Gostei de teu blog. Parabéns.

    Responder
  2. Legal, só uma dúvida, O Salzburg pass inclui o palacio de Hellbrunn? Obrigada

    Responder
    • Oi Marcia,

      O “Salzburg CArd” garante acesso gratuito a todos os pontos turísticos da cidade de Mozart, o uso gratuito da rede de transportes públicos.
      Isso inclui o Palácio. Particulamente eu nunca usei esse Cartão pois sempre vou de carro para Salzburg e acabo pagando alguns Euros nas atrações em que eu tenho interesse.
      Porém pelo site oficial, você tem acesso a todas as atrações que ele abrange, inclusive com os valores de 24hs/48hs,..

      http://www.salzburg.info/en/sights/salzburg_card

      Agradeço sua visita.

      Leo

      Responder
      • Oi Leo, obrigada pela resposta, me ajuda muito, estamos definindo se vamos alugar carro ou usar transporte publico, vamos chegar cedo em Salzburg num sábado, com Bayer Ticket, vindos de Munique, será que com ele já temos acesso ao transporte publico (Ônibus até o palácio) de graça? Porque se sim, nem preciso comprar o Salzburg Pass, sairemos de Salzburg no fim da tarde no trem pra Viena as 19h.

      • Oi Marcia.
        O Bayern Ticket abrange a area da Bavaria. Salzburg ja é Austria. Com o Bayern Ticket na mao voce ganha 10% de desconto no Salzburg Card.
        De Munique p/ Salzburg eu recomendo o “Freizeit-Ticket” que garante o ida e volta.
        Salzburg é pequena e facil de se locomover a pé, usando o onibus 1 ou 2 vezes. Melhor pagar uma simples viagem do que comprar um Ticket-Diario que sera pouco usado.
        Diferente de Munique, que voce vai usar o sistema publico umas 5 ou 6 vezes no dia.

        Qualquer duvida é só me escrever.

        Leo

  3. Puxa, é que já comprei o Bayer ticket, mas de Salzburg já vou pra Viena, não volto pra Munique. Mas foi excelente saber dos 10% de desconto, acho que vai compensar comprar ele então para visitar os pontos turísticos ( Convento de Nonnberg, Palácio de Hellbrunn, a Fortaleza, a casa de Mozart e a igreja de São Pedro com cemitério e catacumbas) e ainda poder andar de graça até os dois palácios, de Ônibus não é? Só o preço das atrações da 23,80 Euros, fora o custo do transporte, e ainda evitamos fila não é? O que acha?

    Muito Obrigada pela ajuda

    Responder
    • Se voce vai visitar diversas atraçoes e nao quer enfrentar fila, vale a pena. Porem voce vai precisar de uns 2 dias para essa programacao.
      :)

      Responder
      • heheheh o que acha que consigo visitar em um dia? prioridade pra mim são: Palacio e Jardins de Mirabell, A Praça da Residência, A Fortaleza de Hohensalzburg, Schloss Leopoldskron ( pra fotografar de londe), O Palácio Hellbrunn e E a Igreja e Cemitério de São Pedro, será que dá? A casa de Mosart só se der tempo, vou tentar chegar bem cedo em Salzburg e minha passagem de volta já esta comprada, 19h

  4. Muito interessante teu blog,Matheus. Texto fluente e agradavel.Parabens.
    Obrigada pelas informacoes.
    Aldema ( http://www.correndomundo.blogspot.com )

    Responder
  5. UM DIA É POUCO, POIS O JANTAR NO MONASTÉRIO DE SÃO PEDRO É OBRIGARORIO.

    Responder

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 25 outros seguidores

%d bloggers like this: